Como encontrar leads com o LinkedIn

 

O LinkedIn acumula mais de 200 milhões de usuários ativos mensalmente e é a principal rede social B2B. Comprada em 2016 pela Microsoft, a rede de relacionamento destinada a perfis profissionais e corporativos tem ganhado mais projeção a cada ano, com a inovação de formatos de anúncios, funcionalidades para publicações e investimentos para um público engajado.

Associado aos processos de recrutamento e seleção para a área de recursos humanos, atualmente o LinkedIn também está presente na rotina da área comercial, dada a completude das informações encontradas em perfis de usuários e páginas corporativas – as company pages.

Entenda, a seguir, como encontrar, atrair e prospectar leads com o LinkedIn e otimizar os processos internos na sua empresa.

Anúncios

Na captação de leads, o LinkedIn oferece diversos formatos de anúncios para veiculação de campanhas segmentadas para geração de leads, além de outros objetivos que podem ser o reconhecimento de marca, engajamento em conteúdos, visitas ao seu site, candidaturas a vagas, entre outros.

Desta forma, é possível estruturar estratégias para captar novos contatos através de campanhas que utilizem recursos como imagens, vídeos, páginas de conversão e até mesmo as mensagens privadas da própria plataforma, chamada de InMail.

O LinkedIn também oferece a possibilidade de criar formulários personalizados dentro da própria plataforma, que podem ser exportados em arquivo CSV.

Company Pages

As company pages são os perfis de empresas no LinkedIn. Por meio delas, é possível gerenciar anúncios e também páginas independentes sobre produtos, filiais e outras vertentes de um negócio, conhecidas por showcase pages.

As páginas empresariais oferecem ainda bons insights sobre a prospecção de leads, uma vez que permitem averiguar quais são as conexões dessa empresa, mais especificamente seus funcionários, líderes, gestores e até mesmo o público interessado no nicho de negócio que ela atua.

Conexões

Ainda sobre o processo de pré-qualificação, as conexões no LinkedIn e os perfis de usuários são ferramentas poderosas para mapear dados sobre leads B2B. Para a prospecção ativa, essas informações servem como insumo para tentativa de primeira conexão e também argumentação na abordagem dos leads.

A própria caixa de pesquisa do LinkedIn oferece a possibilidade de buscar por termos relacionados ao cargo, empresa e outras informações relevantes para qualificação de leads. Porém, esse trabalho quase artesanal, pode dificultar o escalonamento e, com isso, a produtividade de profissionais e equipes responsáveis pelo pré-vendas.

Ferramentas para extração de leads

O avanço de ferramentas para extração de leads, no que diz respeito a um passo além, com a mineração de dados, também é uma possibilidade para quem deseja encontrá-los com a rede social de perfis profissionais. 

A Plataforma Next, solução para prospecção e pré-qualificação, além de outras funcionalidades para inteligência de mercado, reúne mais de 1000 fontes de dados, e uma delas é o LinkedIn. Com o Next, você pode, por exemplo, ter acesso aos e-mails de decisores e outras informações estratégicas para qualificar seus leads, com a extração de relatórios personalizados.

Saiba como podemos ajudar a revolucionar os processos de qualificação de leads B2B na sua empresa. Aproveite para conhecer 4 diferenciais da plataforma Next para suas estratégias.

RESUMINDO

leia também

abril 9, 2021

Como fazer a prospecção de clientes em vendas B2B

Como fazer a prospecção de clientes em vendas B2B   Neste outro artigo aqui do […]
abril 7, 2021

Como montar uma equipe de profissionais Outbound mais eficiente?

Como montar uma equipe de profissionais Outbound mais eficiente?   Estruturar uma equipe comercial é […]
abril 5, 2021

Ferramentas para mitigação de riscos em empresas

Ferramentas para mitigação de riscos em empresas   As estratégias de mitigação de riscos devem […]
abril 2, 2021

Como estruturar o procedimento de compliance KYC na sua empresa

Como estruturar o procedimento de compliance KYC na sua empresa   A gestão de riscos […]