Utilizando os dados para validar sua persona de Marketing

 

Personas de marketing são perfil semifictícios criados a partir de dados e insights de marcado e se caracterizam como uma ferramenta importante para o planejamento e implementação de ações, tanto no ambiente online como no off-line.

A partir do mapeamento do perfil de cliente ideal e dados sobre o público alvo, são criadas estratégias que convergem para a atração de leads e oportunidades para o funil de vendas.

Na prática, isso significa que a persona de marketing serve como um guia para orientar a comunicação e o relacionamento com a audiência de uma marca. Por isso, ao construir uma persona e também revisá-la, é importante considerar dados consistentes.

A seguir, entenda como validar sua persona de marketing dessa maneira.

Revise a base de leads

Começamos validação de personas através da base de informações sobre o perfil e interesse dos contatos que você já possui. Isso porque os dados coletados por ferramentas de automação de marketing e no CRM fornecem informações valiosas sobre a qualidade dos leads e o comportamento de clientes em potencial.

Aqui, é importante verificar informações como idade, gênero, faixa de renda, cargo e também as interações em conteúdo, conversões, cliques e outros pontos que ajudem a realizar esse mapeamento. Caso a persona esteja muito distante da realidade, é sinal que será necessário revisá-la.

Aplique questionários

Os formulários para mapear o público-alvo são úteis principalmente quando ainda não existe uma estrutura de marketing consolidada, o que não elimina a possibilidade de serem aplicados em outros momentos.

Basicamente, esses questionários cumprem a função de fornecer dados sobre o público-alvo de uma marca, empresa ou campanha, considerando o perfil e também seus hábitos e suas dores e desafios. A partir disso, é possível construir a persona propondo como a solução oferecida pela sua empresa, seja um produto ou serviço, irá contribuir para superar estes desafios.

Utilize o Perfil de Cliente Ideal

O ICP, ou Perfil de Cliente Ideal, se diferencia da persona pois considera apenas dados registrados sobre os “melhores clientes” de uma empresa. Neste caso, as informações fornecidas através da tabulação de dados servem como insumo para elaboração e validação da persona.

Dessa maneira, persona e ICP são complementares e utilizados para identificar e segmentar públicos para campanhas e todas as ações de marketing. Atualmente, o ambiente digital e a automatização desses processos ajuda a ter mais agilidade nesse tipo de configuração.

Utilize ferramentas de dados

Como dito anteriormente, a validação da persona depende essencialmente de dados coletados internamente e também em fontes externas. Neste caso, as plataformas de webanalyticis como o Google Analytics ajudam a mensurar o tráfego e conversões que dizem sobre o comportamento de visitantes nas páginas de sites.

Por outro lado, a validar a persona com dados sobre o segmento de mercado, neste caso quando o interesse são leads B2B, é uma das maneiras de mantê-la atualizada. Sobre este assunto, confira este artigo sobre como e onde encontrar leads B2B.

RESUMINDO

Personas de marketing são perfil semifictícios criados a partir de dados e insights de marcado e se caracterizam como uma ferramenta importante para o planejamento e implementação de ações...

leia também

maio 10, 2021

Como preparar seu time de vendas para uma estratégia de Outbound Marketing?

Como preparar seu time de vendas para uma estratégia de Outbound Marketing?   Depois que […]
maio 7, 2021

Dicas de como elaborar um relatório de vendas

Dicas de como elaborar um relatório de vendas Você sabe o que é um relatório […]
maio 5, 2021
Leads pré-qualificados

Leads pré-qualificados: como eles podem complementar sua estratégia

Leads pré-qualificados: como eles podem complementar sua estratégia   Empresas que contam com alguma estratégia […]
maio 3, 2021
Big Data nas empresas

Mitos e verdades sobre Big Data nas empresas

Grandes, médias e até mesmo pequenas empresas, em algum momento, terão de colocar o tema […]