O que é e como encontrar um público lookalike

Entre quem trabalha com marketing e aqueles do setor de vendas, existem muitas estratégias compartilhadas e também objetivos comuns a serem alcançados para o sucesso de uma empresa. Ambos os departamentos e suas ações vão compartilhar a mesma audiência. Um dos muitos públicos que podem ser utilizados nas estratégias é o chamado lookalike, ou público semelhante.

Para criar anúncios e pesquisar listas de leads para começar uma prospecção, o público lookalike será muito útil e já chega nas suas estratégias com uma segmentação ajustada ao perfil de cliente ideal. 

Bem interessante, não é? Então, continue lendo para conhecer o que é lookalike, quando e como utilizar uma lista com esse público, além de entender sobre os principais benefícios de utilizar essa estratégia. Boa leitura!

O que é um público lookalike?

Lookalike é uma expressão em inglês que pode ser traduzida como “parecido com”. A tradução mais comum de público lookalike é público semelhante, termo utilizado justamente nos principais meios de compra de mídia digital. 

Então, pelo próprio nome, já começamos a entender que um público lookalike é uma segmentação de leads baseada em uma outra lista da sua empresa, obtendo perfis similares aos que você indicou.

É possível obter um lookalike a partir de diferentes fontes. Detalharemos isso mais à frente, mas, antes é importante destacar o porquê da existência dessa segmentação e quando este público é utilizado.

Por que e quando utilizar?

Como já mencionamos aqui, ao utilizar um público semelhante é bem provável que seus resultados sejam mais efetivos, afinal você está fornecendo uma base com dados de contatos que você já conhece e utilizou em outras ações. 

Você poderá utilizar uma lista lookalike nas seguintes ferramentas:

  • Na programação de anúncios de remarketing;
  • Criando anúncios online através do Google Ads e do Facebook Ads, entre outros;
  • Em ferramentas de pesquisa de leads, para adquirir novas listas;
  • Em bases de dados para cruzamento e enriquecimento das informações, validando as listas de públicos mais antigos. 

Uma lista de público lookalike deve conter uma quantidade mínima de dados que ajudem a ferramenta utilizada a puxar mais perfis semelhantes. Isso vai depender também de cada objetivo e ferramenta. Algumas vão pedir uma lista apenas com dados demográficos, e outras vão precisar do e-mail, de algum telefone e até mesmo da identificação de tags de conversões dentro de suas estratégias digitais. 

Quando você desejar utilizar uma lista de público semelhante, atente-se para as regras e recomendações de cada plataforma, considerando também a segurança da ferramenta e a necessidade de respeitar a privacidade de dados pessoais.

Como encontrar um público lookalike

Para encontrar e utilizar um lookalike, você deverá começar com uma lista de público pré-existente e validada pelas suas próprias estratégias. Neste ponto, você pode extrair essa lista de contatos a partir de:

  • Lista de vendas e novos clientes;
  • Lista de clientes antigos;
  • Base de leads já qualificados;
  • Base de seguidores engajados;
  • Leads captados através de conteúdos;
  • Leads que solicitaram orçamento;
  • Contatos sem resposta.

Entre muitas outras listas que você já deve acompanhar com suas ferramentas de marketing e vendas, a exemplo das automações e do CRM.

Principais benefícios de utilizar públicos lookalike 

Com o objetivo de impactar pessoas que tenham aspectos semelhantes ao público que já curtiu sua página ou até mesmo que já tenha interagido com algum anúncio veiculado pela sua empresa, o público lookalike é uma ótima estratégia para ampliar o alcance da sua marca, empresa ou produto, fazendo a otimização das conversões e, consequentemente, alavancando os resultados.

Além disso, outros benefícios dessa prática são:

  • Encontrar novos prospects e impactá-los, baseando-se em dados dos seus clientes atuais;
  • Otimizar lucro e faturamento do seu negócio;
  • Aumentar as interações do público com os seus anúncios;
  • Maior flexibilidade para o planejamento do seu negócio.

Além disso, ao possuir um público lookalike seu negócio terá uma comunicação mais direcionada, reduzindo gastos desnecessários com estratégias que não conseguem alcançar o público certo.

Tipos de público lookalike que você pode criar 

Bom, como já dissemos anteriormente, você pode construir um público lookalike a partir do Facebook, Instagram e LinkedIn Ads, por exemplo.

Neste artigo, iremos abordar alguns tipos de público que você pode, e deve, criar para aprimorar a sua estratégia e atingir o público ideal para o seu negócio através do Facebook Ads. A partir dos tipos mostrados aqui, ficará mais fácil de você entender e replicar o que mais se enquadra no seu negócio, seja utilizando o Facebook ou qualquer outra ferramenta.

Lookalike de clientes/compradores

Sendo um dos tipos mais importantes, o lookalike de clientes/compradores fornece públicos semelhantes que realizaram ações valiosas com a sua empresa.

A partir de uma lista criada no Excel contendo informações, como o nome dos clientes e telefone, por exemplo, é possível obter um público semelhante, alavancando os resultados.

Lookalike de lista de leads

A partir do e-mail marketing, é possível criar públicos utilizando os leads de formulários de orçamento ou leads de pessoas que entram em contato com a sua empresa.

Lookalike de envolvimento com página do Facebook 

Ao produzir conteúdos no Facebook, você irá gerar um engajamento e envolvimento nas publicações, seja através de comentários, compartilhamentos, likes, cliques em algum botão de ação, etc. Com isso, é possível criar um lookalike a partir do público que interage no seu perfil e abranger ainda mais uma possível audiência que possa ser interessante ao seu negócio.

Lookalike de visualização de vídeos

A visualização de vídeos também pode ser utilizada como fonte para criação de públicos personalizados e, consequentemente, público semelhante. 

As opções de segmentação por visualização de vídeos seguem o seguinte critério: 

  • pelo menos 3s do vídeo;
  • pelo menos 10 segundos do vídeo;
  • a partir de 15 segundos do vídeo (ThruPlay);
  • 25% do vídeo;
  • 50% do vídeo;
  • 75% do vídeo;
  • 95% do vídeo.

Dessa forma, cada quantidade assistida dos vídeos impacta na qualificação das pessoas. Por exemplo: quem assiste 95% de um vídeo possui mais interesse naquele conteúdo do que quem assiste pelo menos 10 segundos. Ao criar um lookalike de 95%, por exemplo, é possível alcançar pessoas que possuem o mesmo comportamento.

Lookalike baseado em eventos de Pixel

O Pixel do Facebook é um rastreador que fica instalado em sites e serve para mensurar e armazenar informações dos usuários que interagem em um site, blog e landing page, por exemplo.

A partir dele é possível registrar alguns eventos que poderão ser utilizados para criar públicos semelhantes.

PageView: registra visualizações de páginas dos visitantes do site e permite criar públicos de quem visita todas as páginas ou específicas.

Cadastro: registra pessoas que realizaram cadastro em seus formulários.

Adicionar ao carrinho: Em e-commerce, rastreia pessoas que adicionam produtos ao carrinho.

Initiate Checkout: usuários que chegam na página de pagamento.

Compra: usuários que efetivaram a compra de um determinado produto ou serviço no site.

Como funciona na prática?

Primeiramente, você deve pensar o seguinte: qual é o seu público mais relevante, ou seja, mais significativo? A partir da resposta, será possível identificar as características, hábitos e comportamentos dessas pessoas,

Essa ação é realizada através de uma pesquisa qualitativa e quantitativa que busca obter informações mais detalhadas sobre o que esse público mais gosta, que tipo de produtos consomem, quais são os dados demográficos, etc. Esse será o seu público personalizado (ou público de origem), sem ele não tem como criar uma estratégia lookalike.

Com esses dados em mãos, no próximo passo, é possível criar a audiência lookalike e direcionar um anúncio para essas pessoas. Depois, é necessário monitorar, avaliar o andamento, mensurar os resultados e realizar os ajustes, caso seja necessário.

Dessa forma, quando for utilizar a estratégia de lookalike, seu segmento de público estará mais alinhado com pessoas que de fato estão interessadas no seu produto/serviço, o que irá aprimorar ainda mais a busca por públicos semelhantes.

Outro ponto importante é que ao criar um público semelhante no Facebook Ads, é possível utilizar um intervalo de porcentagem para escolher o quanto deseja que o seu novo público corresponda ao público de origem. O tamanho escolhido depende das suas metas, porém porcentagens menores são mais parecidas com o seu público de origem, mas porcentagens maiores irão criar um público maior e mais amplo. 

Para maximizar sua busca com um público semelhante no Facebook Ads, não se esqueça de observar o desempenho dos anúncios com base na receita por conversão ou no valor vitalício das pessoas em cada público.

Quer entender melhor sobre como fazer um público lookalike no Facebook? Acesse o site da Meta direcionado para empresas e confira informações adicionais que serão úteis para aprimorar a sua prática. 

Então, apenas para relembrar, ao utilizar os 3 passos a seguir, é possível colocar em prática a sua estratégia lookalike. Não se esqueça:

  • Quem é o público mais significativo; 
  • Quais as características dessas pessoas;
  • Anunciar para pessoas com essas características.

Quando você cria a sua audiência lookalike, ela fica disponível para ser reutilizada quantas vezes desejar. Dessa forma, o mais trabalhoso seria defini-la pela primeira vez, já que depois é só aplicar a segmentação em campanhas futuras e fazer as análises e possíveis melhorias. 

Conclusão 

Como você pode perceber, ao utilizar uma estratégia de público semelhante é possível encontrar um público-alvo mais propenso a gerar conversões. Porém, é importante que haja uma pesquisa para definir informações de comportamento a partir dos clientes existentes antes de fazer o uso do lookalike.

Agora que você já sabe o que é um público lookalike e como utilizá-lo, aproveite também para ler sobre como aplicar a tecnologia CRM em sua empresa.

RESUMINDO

leia também

junho 23, 2022
Branding como estratégia de venda

Branding como estratégia de venda

Branding como estratégia de venda   Branding é a gestão de marca que todo negócio […]
junho 21, 2022
Cold Calls

Entenda como implementar um Cold Calls de sucesso

Entenda como implementar um Cold Calls de sucesso   Quando se fala em cold call, […]
junho 16, 2022
Gestão de crise

Gestão de crise: o que é e como organizar

Gestão de crise: o que é e como organizar   Todas empresas estão sujeitas a […]
junho 14, 2022
soluções Nova Vida TI

4 benefícios exclusivos ao contar com as soluções Nova Vida TI

4 benefícios exclusivos ao contar com as soluções Nova Vida TI   A importância de […]