O que é Gerenciamento de Riscos e como aplicá-lo?

 

Tratando da gestão de empresas e de projetos, um ponto importante de consideração, avaliação e planejamento é o gerenciamento de riscos. Como você já deve imaginar, mesmo que não tenha experimentado isso na prática, existem muitos riscos e ameaças, internos e externos, em todo tipo de empresa. E eles não se limitam a prejuízos financeiros, conforme discutiremos neste artigo.

Conhecer os riscos é apenas a primeira parte do trabalho, que deve ser acompanhado de perto para gerenciar e mitigar todos estes possíveis problemas. Por essas características, a gestão de riscos também está associada com a gestão de crises nas mais diversas áreas de uma empresa ou instituição.

A seguir, levantamos os principais conceitos e o histórico desta estratégia para entender o que é gerenciamento de riscos e também as principais atividades para contar com esta gestão em sua empresa.

Gerenciamento de Riscos: conceito

Então, vamos começar pelo básico: o que é gerenciamento de riscos? Resumidamente, este é o processo de identificar, avaliar, mensurar, monitorar e administrar os riscos que podem ocorrer a uma empresa. Como também já citamos, isso exige um conhecimento atento não só de questões e processos internos, mas também de elementos externos e movimentos no mercado.

Com o objetivo de gerenciar riscos, a pesquisa e planejamento são os maiores instrumentos e necessidades para qualquer negócio. Dependendo do tamanho da empresa e/ou do projeto, estas tarefas são distribuídas internamente, podendo inclusive contar com um departamento próprio e dedicado à gestão e mitigação dos riscos.

O compliance é a área e política que vai cuidar de boa parte destas questões, focando principalmente no mapeamento de crimes financeiros e fraudes empresariais.  Outra forma de viabilizar esse gerenciamento e proteger-se é contar com a consultoria de empresas e profissionais especializados na investigação e no tratamento de riscos.

Quais são os principais riscos empresariais?

Para entender a importância de realizar o gerenciamento de riscos, precisamos saber também quais são as principais implicações que eles trazem para uma empresa. Como citamos logo na abertura deste artigo, os riscos não são somente financeiros.

Incluem-se aqui os riscos operacionais, riscos à segurança e à integridade física de seus colaboradores e consumidores, crises de comunicação, crises ambientais, crises financeiras externas, inadimplência, crimes empresariais, processos judiciais e muitos outros. 

A gestão de riscos atua de forma conjunta com todos departamentos da empresa justamente para identificar o que pode ser prevenido e reagir de forma rápida para diminuir qualquer consequência. Quanto mais detalhado for o planejamento deste gerenciamento, melhores serão os resultados obtidos.

Como fazer o Gerenciamento de Riscos?

E agora o ponto mais importante: como enfim aplicar o gerenciamento de riscos em seu negócio. Infelizmente, não conseguimos resumir neste espaço todas as obrigações, necessidades e pontos de atenção para fazer este trabalho.

Elementos essenciais este acompanhamento, destacamos a necessidade de conhecer amplamente o negócio e também o mercado e seu público. Outro ponto recomendado também é adotar ferramentas próprias de inteligência de mercado, monitoramento de comunicação e compliance.

Aprofunde sua pesquisa no tema lendo também 3 exemplos para a gestão de riscos em sua empresa.

RESUMINDO

leia também

janeiro 25, 2021

Como atrair clientes B2B para sua empresa

  Como atrair clientes B2B para sua empresa   Conquistar oportunidades mais qualificadas para vendas […]
janeiro 22, 2021

Cliente Ideal para venda: aprenda como e onde encontrar

  Cliente Ideal para venda: aprenda como e onde encontrar   Equipes de marketing e […]
janeiro 20, 2021

O que é ICP (Ideal Customer Profile)?

  O que é ICP (Ideal Customer Profile)?   A área de vendas conta com […]
janeiro 19, 2021

Mitigação de riscos: entenda o conceito para empresas

Mitigação de riscos: entenda o conceito para empresas   Em todos setores econômicos e para […]