O que é Data Collection?

 

É verdade que existem muitos termos para apresentar, explicar ou resumir diferentes ideias do trabalho com dados. Além de toda a área conhecida por Data Science, diferentes processos e demandas com os dados recebem nomes específicos. Hoje vamos abordar a Data Collection.

Já ouviu falar? Talvez não por esse nome, mas quando descrevermos sobre o que se trata você certamente terá familiaridade com o assunto. Nos próximos tópicos, vamos explicar o que é Data Collection, por que esse processo é necessário e ainda compartilhar algumas dicas para ter sucesso nessa etapa.

Acompanhe e confira também a dica especial que deixamos ao final do artigo. Boa leitura!

Definição de Data Collection

A tradução literal de Data Collection é coleção de dados. O nome mais adequado para o que Data Collection faz seria coleta de dados ou levantamento de dados. Assim já fica mais fácil entender, então, que essa é a etapa inicial de captação de dados, seja online e automatizada ou manual.

Para ter uma estratégia de tratamento de dados, é essencial ter a coleta, concorda? Lembrando que tratamento de dados, inclusive conforme a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), inclui:

“coleta, produção, recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transmissão, distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação ou controle da informação, modificação, comunicação, transferência, difusão ou extração”.

Sem um plano, método e/ou ferramenta para coleta dos dados, as estratégias do seu negócio não irão para a frente.

Por que fazer Tratamento de Dados?

Em uma empresa, para diferentes objetivos e estratégias, contar com esse histórico de dados pode apoiar diversas atividades. Por exemplo, é importante ter informações reais atualizadas sobre seu mercado para estudar a concorrência, planejar suas ações e ainda lançar novos produtos.

Ou ainda para vender, existem muitas estratégias que utilizam dados de leads para qualificar as melhores oportunidades e assim começar a prospecção de vendas.

Melhores Práticas

Para acertar na sua coleta de dados, o melhor caminho é ter uma ferramenta bem configurada para captar os dados certos e ainda verificar a validade dos mesmos. Suas bases de dados precisam ser protegidas e contar com acesso apenas pelos profissionais mais experientes, que irão trabalhar com a análise dos mesmos dados.

Vale a pena também contar com bases e ferramentas específicas para cada demanda. Por exemplo, em marketing e vendas, um CRM.

Saiba mais com nossos artigos:

[Bônus] Trabalhe com Big Data!

Até aqui, deu para entender bem como o trabalho com dados é extremamente útil e relevante para todo tipo de empresa. A coleta dos dados é apenas o primeiro passo de todo o trabalho conhecido por tratamento de dados, e dentro dessa relação não podemos esquecer do conceito de Big Data.

Pela alta quantidade de dados disponíveis, é essencial ter ferramentas e tarefas alinhadas para obter os melhores resultados da sua estratégia, também se alinhando com os objetivos de negócio.

RESUMINDO

É verdade que existem muitos termos para apresentar, explicar ou resumir diferentes ideias do trabalho com dados. Além de toda a área conhecida por Data Science, diferentes processos e demandas com os dados recebem nomes específicos.

leia também

janeiro 26, 2022
aumentar a produtividade da equipe

Como aumentar a produtividade da sua equipe

Como aumentar a produtividade da sua equipe   O capital humano é, sem dúvida alguma, […]
janeiro 24, 2022
análise de concorrência

Análise de concorrência: por que realizar e o que pesquisar

Análise de concorrência: por que realizar e o que pesquisar   Um ponto básico sobre […]
janeiro 19, 2022
benchmarking

O que é benchmarking?

O que é benchmarking?   Ao planejar um novo negócio, para conhecer sua concorrência e […]
janeiro 17, 2022
ferramentas de Analytics

Ferramentas de Analytics para monitorar seu site

Ferramentas de Analytics para monitorar seu site   Não só as empresas que vendem online […]